Aquecedor Elétrico



Antes de escolher o melhor sistema de aquecimento recomenda-se preestabelecer as necessidades do recinto que será utilizado e fazer uma pesquisa cuidadosa dos modelos, bem como suas especificações, características e preços. Atente-se especialmente para a segurança do equipamento e na economia de energia que ele possa proporcionar na conta no final do mês. A verificação da rede elétrica é primordial, pois determinará a possibilidade ou não da ligação de um aquecedor elétrico com a potência indicada.

aquecedor elétrico

aquecedor elétrico

Todos os tipos de aquecedores – com exceção do aquecedor à gás – utilizam-se de energia elétrica e funcionam a partir do esquentamento do ar em volta do aparelho que o faz dissipar, aquecendo porções assim sequencialmente. A diferença entre os tipos está na forma com ocorre esse aquecimento, assim como a troca de calor com o ar.

Os aparelhos elétricos – especificamente os aquecedores elétricos – devem vir com um selo PROCEL (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica), em que apresentam notas A ou B quando possuem uma maior eficácia energética, ou seja, que consomem menos energia que os demais. Notas D ou E não são boas referências, já que gastam energia em demasia. Desligar o aparelho da tomada ajuda a economizar (pois em modo descanso ou espera – conhecido como stand by – eles também consomem energia).

vantagens de aquecedores elétricos

Os aquecedores elétricos são menores e mais leves que os demais tipos, facilitando seu transporte. São indicados para espaços pequenos e médios e alguns modelos podem ser fixados à parede. Possuem um sistema duplo de fluxo de ar quente e frio. O ar aquece rapidamente através de uma resistência com potências que variam entre 1000 e 2000 watts. A presença de um termostato garante maior segurança, pois esse dispositivo mantém a temperatura constante e evita sobreaquecimento. Eles são subdivididos em: de passagem, que são os mais comuns. Exs.: aquecedores de torneiras e chuveiros elétricos. São diretamente instalados no ponto de uso (o que facilita a instalação), dispensa tubulação de água quente e tem um custo relativamente baixo.

O alto consumo de energia nos chuveiros e torneiras elétricas pode causar o baixo rendimento do aquecedor, ou seja, a água pode não estar aquecida o suficiente em dias mais frios. Para entender melhor, é aquele velho caso da pessoa ter que diminuir o fluxo/o jato de água para que ela fique mais quente, o que torna o banho desconfortável. Mas esse caso tem uma solução: o mercado oferece aquecedores de passagem com capacidade de atender a mais de um ponto do recinto. Em contrapartida, o custo sairá, claro, um pouco mais elevado. Os de acumulação, também conhecidos como boilers1, têm formato semelhante a um grande cilindro metálico, como no caso dos aquecedores a gás de acumulação. A água que está neste cilindro é aquecida por resistências elétricas e pode chegar rapidamente a um ou mais pontos de consumo. Como esse sistema trabalha de modo ininterrupto (ou seja, constante) para manter a água aquecida, o consumo de energia é alto. Boilers são usados em todos os tipos de aquecedores, até mesmo nos aquecedores solares.

aquecedor elétrico pequeno

aquecedor elétrico pequeno

Por isso, profissionais da área sugerem a utilização de um timer2, que consiste num medidor de tempo. Um dispositivo que, após um período de tempo previamente fixado, emite um sinal ou então liga ou desliga um aparelho elétrico. Em outras palavras, é possível deixar o sistema de aquecimento desligado durante o período que não se está em casa e acioná-lo num horário previamente programado; os com resistência incandescente (em chamas ou em brasa), que são os mais baratos do mercado, variando de tamanho e potência. O aquecimento do ambiente é rápido, pois a resistência fica aparente e o calor entra em contato direto com o ar. Por outro lado, tendem a concentrar o calor nas proximidades, não sendo tão eficiente para espaços maiores; já os do tipo termoventiladores, como têm hélice, aceleram a renovação do ar ao redor do aparelho e conseguem espalhar o calor em uma ambiente mais amplo. Vale lembrar que na instalação de aparelhos de potências maiores que 1000W, recomenda-se que sejam alocados em disjuntores próprios no quando de distribuição.

Ainda existe o tipo elétrico vertical, que são utilizados na higienização de equipamentos de ordenha (espremer a teta do animal para extrair leite), bem como nas instalações de animais em regime de confinamento. Os modelos geralmente variam entre 25 a 100 litros e também podem ser feitos sob encomenda. Profissionais da área garantem que é o melhor modelo do mercado, com excelente custo-benefício. Além do investimento inferior aos demais tipos, aumenta a lucratividade por meio da melhoria da qualidade do leite e, por ser produzido inteiramente em aço inoxidável, garante maior resistência e durabilidade. O aparelho conta com um sistema de controle de temperatura, que controlando e automatiza o funcionamento da resistência elétrica. Isso se deve ao aquecimento com resistência elétrica de imersão, permitindo que a água seja mantida na temperatura escolhida. O produto é confeccionado sem isolante térmico e conta com uma boia metálica para controlar o nível da água.

Para todos os tipos de aquecedores valem os cuidados: nunca os coloque atrás de cortinas ou em lugares molhados; evite usá-los ligados em benjamins (plugue múltiplo, peça que permite a conexão de dois ou mais aparelhos elétricos numa só tomada) ou aqueles em formato “T” junto com outros aparelhos elétricos, pois pode superaquecê-los; jamais seque roupas ou calçados, pois pode pegar fogo com o aquecimento; proteja-os de poeira, pois isso evitará que o ambiente fique com cheiro ruim causada pela queima da poeira pela resistência incandescente; posicione o aquecedor próximo das paredes mais frias para homogeneizar (igualar) o aquecimento, mantendo o ambiente apenas com uma pequena entrada e saída de ar. Mais de uma corrente de ar pode resfriar o ambiente “obrigando” o aparelho a funcionar mais, despendendo energia desnecessariamente.

1 – Caldeira elétrica para aquecimento de água. Do inglês, boiler.
2 – Do inglês, timer.

NOTÍCIAS DO MOMENTO

Comentários