Como fazer um telhado

Quando um projeto de construção está chegando ao seu término, chega também a hora de construir seu telhado. Primordial para a proteção interna do local contra intempéries, o telhado deve ser planejado e executado de maneira estudada. Pode parecer fácil à primeira vista, mas o telhado ideal só será realmente seguro se seguir determinadas normas e possuir características apropriadas, por isso preparamos uma pequena lista com as principais medidas e cuidados a se levar em consideração na hora de fazer um telhado.

Confira a seguir vários métodos de como fazer um telhado

Confira a seguir vários métodos de como fazer um telhado

Custo do telhado

Antes de fazer o telhado, coloque no projeto todos os materiais e também a mão de obra necessária para o andamento do mesmo. Lembre-se de que o madeiramento e as telhas consumirão grande parte das reservas para o projeto. Calcule preços e opte por lojas que deem descontos conforme a quantidade de materiais comprados aumente.

Na hora de orçamento, a maioria dos profissionais responsáveis pela construção cobra por m²de telhado instalado, além de que diversos tipos de telhas também são vendidos por metragem quadrado, por isso sempre tenha o seu projeto a mão na hora de solicitar um orçamento para telhado.

Características essenciais do telhado

Os telhados precisam de estrutura correta. Ele pode ser reto, conhecido como telhado de 1 água; conter dois lados, conhecido como telhado de 2 águas ou ainda possuir vários lados, principalmente em construções maiores. Os telhados de 1 e 2 águas são os mais utilizados hoje em dia. Em algumas cidades, como Campos do Jordão, no estado de São Paulo, a quase totalidade das casas dos moradores tem telhados nesse estilo.

Esquema gráfico dos caimentos de telhados de 1 água, 2 águas, 3 águas e 4 águas.

Esquema gráfico dos caimentos de telhados de 1 água, 2 águas, 3 águas e 4 águas.

A estrutura é apoiada sobre as paredes e só depois é feita a cobertura. O ideal é escolher telhas apropriadas para o tamanho da construção e também para as condições climáticas em que o projeto está sendo construído. Por exemplo: em quase todas as regiões brasileiras o telhado precisa de caimento para escoar a água das chuvas. Elas são anuais e aparecem em praticamente todos os meses do ano. O caimento é a inclinação o que faz a água escoar, evitando o acúmulo de água. Quanto mais inclinado, melhor. Porém vale lembrar que a inclinação maior também consome mais telhas e por conseqüência, encarece a obra.

Já nos países que tem neve, como nos Estados Unidos, o telhado precisa ser o mais inclinado possível, para evitar o acumulo de neve. O peso da neve poderia afundar o telhado. Como a inclinação é muito grande, é comum que nesses países haja a instalação de pequenos sótãos ou até mesmo quartos (conhecidos como mansardas) embaixo do telhado, para aproveitar o espaço disponível criando pela inclinação.

Telhado de casa 1 água com baixo grau de inclinação

Telhado de casa 1 água com baixo grau de inclinação

Telhado residencial de 1 água com alto grau de inclinação

Telhado residencial de 1 água com alto grau de inclinação

O caimento é feito por pessoas especializadas que levarão em conta todos estes fatores na hora de projetar o melhor telhado para a construção. Da mesma forma, a estrutura é o esqueleto da obra, parte principal do telhado e precisa ser projetada de maneira a suportar todo o peso das telhas.

Os tipos de madeira utilizados geralmente são: caibro, sarrafo, ripa e viga. É essencial que o material seja resistente e próprio para esse tipo de trabalho. Já as telhas podem ser do tipo: colonial, francesa, paulista e plan.

Esquema gráfico tridimendional das peças utilizadas na montagem da estrutura de um telhado de telhas cerâmicas

Esquema gráfico tridimendional das peças utilizadas na montagem da estrutura de um telhado de telhas cerâmicas.

Cada telha tem um tipo de ondulação e um preço específico. Calcular o orçamento para a utilização das telhas é essencial para não extrapolar a renda destinada para a compra. As peças precisam ser fixadas de maneira segura e é importante que não haja desperdício de material. A quantidade de telhas a ser utilizada por metro quadrado varia de acordo com o modelo de telha escolhido.

Lembre-se também que deve haver calhas no telhado. O ideal é que não sejam embutidas (se houver entupimento, a água vai transbordar para dentro da residência) e de fácil manutenção.

Fonte: www.fkcomercio.com.br

NOTÍCIAS DO MOMENTO

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

One Response - Add Comment

Comentários