Fachada Ventilada: o que é? Para que serve?



Em tempos de mudanças climáticas cada vez mais bruscas e radicais, nada melhor do que pensar no acabamento de um local já levando em consideração os fatores naturais externos e como eles podem afetar o interior. Se você ainda não ouviu falar sobre o conceito de fachada ventilada, saiba que esta é uma das mais aceitas tendências em construção civil, principalmente quando falamos de prédios e edifícios, já que, além de bonita e proporcionar um acabamento moderno, elas são versáteis no que diz respeito a circulação de luz e ar.

tecnologia em fachadas ventiladas

tecnologia em fachadas ventiladas

No Brasil, a aceitação da fachada ventilada vem acontecendo aos poucos, mas nos países do hemisfério norte esse sistema já vem sendo utilizado há bastante tempo, por mais de 3 décadas, principalmente por causa do conforto térmico que a fachada proporciona diante do inverno rigoroso dessas regiões. Nesse caso é comum que haja reforço com lã térmica, para potencializar o resultado no interior das construções.

O que é uma fachada ventilada?

Basicamente, a fachada ventilada é um sistema que permite a fixação do revestimento exterior de maneira independente às paredes, criando uma espécie de distância devidamente calculada entre eles. Isso significa que, como há uma separação do revestimento, existe a livre circulação de ar.

Esquema possível de uma fachada ventilada usando como isolante térmico lã de rocha

Esquema possível de uma fachada ventilada usando como isolante térmico lã de rocha

Permitindo-se a ventilação natural da construção, acontece o que é conhecido como “efeito chaminé”: o ar entra frio pela parte inferior da extensão do prédio e é liberado quente na parte superior do mesmo.

Como existe, portanto, um “espaço vago” entre revestimento e parede do prédio, também é comum utilizar o local para instalações elétricas e sanitárias.

Fachada ventilada de vidro em projeto de arquitetura internacional

Fachada ventilada de vidro em projeto de arquitetura internacional

Projeto espanhol de fachada ventilada que usa o chamado efeito chaminé

Projeto espanhol de fachada ventilada que usa o chamado efeito chaminé

Prédio americano que usa fachada metálica ventilada

Prédio americano que usa fachada metálica ventilada

Principais vantagens da fachada ventilada

A opção pela fachada ventilada está repleta de vantagens, entre elas podemos citar:

  • Economia de energia: A principal vantagem da fachada ventilada está, sem dúvidas, na economia de energia. A aceitação desse tipo de fachada principalmente em prédios comerciais se dá pelo fato de que há uma grande economia de energia elétrica, dispensando o uso de ventiladores e aparelhos de ar condicionado.
  • Umidade e Isolamentos: Além disso, também há a impossibilidade de problemas com umidade, já que o revestimento não fica colado à parede; isolamento acústico e térmico.
  • Instalação: Outro importante aspecto desse tipo de fachada é sua prática instalação “a seco”.
  • Proteção: Como a fachada ventilada funciona como uma “capa protetora”, ela também ajuda a garantir a proteção da construção e sua longevidade por mais tempo.

Outras estratégias

Outras estratégias para economia de energia muito eficiente são a arborização, frente a fachada, que pode reduzir a incidência da luz solar diretamente sobre a fachada, além de  resfriar ativamente o espaço através do chamado efeito evaporação. Caso porém, você não tenha espaço, ou mesmo não deseje manter o terreno arborizado, uma estratégia eficiente são as fachadas verdes, na qual se aderem certos tipos de vegetais a fachada, criando uma parede verde. Além de super eficiente, essa estratégia energética pode ser inclusive usada associada à fachada ventilada.

fachada verde de hotel ajuda a amenizar a incidência solar direta

fachada verde de hotel ajuda a amenizar a incidência solar direta

NOTÍCIAS DO MOMENTO

Comentários