Filtros de água para torneiras

Embora a água que chega às residências recebam tratamentos à base de cloros e outros reagentes (a fim de ficarem em perfeitas condições de consumo), o problema está no trajeto que ela percorre, pois como o caminho é feito em tubulações de metal, a água pode chegar contaminada com alguns metais, como o mercúrio, o cobre, arsênio e até chumbo, extremamente prejudiciais à saúde. Além disso, a água – quando não tratada da forma correta – é fonte para a proliferação de fungos, vírus e bactérias como a Escherichia coli (E.coli), provocando doenças nos indivíduos. É exatamente por esses fatores que a utilização dos filtros de água é importante, pois através de seus modelos e sistemas, removem as impurezas e purificando a água.

filtros de água purificadores

filtros de água purificadores

O mercado dispõe de um grande gama de filtros para aplicá-los às torneiras, com custos um pouco mais elevados aos mais baratos. Embora haja variação de preço, os mais caros contam com a vantagem de não precisarem ser trocados constantemente, enquanto que os mais baratos necessitam de substituição de tempos em tempos. Antes de instalá-lo, recomenda-se verificar e medir a altura da parede e do próprio tamanho do filtro, pois posteriormente é possível que apareçam problemas, como lavar um objeto maior do que realmente cabe entre a pia e o filtro.

Tipos de filtros de água

  • Os filtros de carvão ativado (também conhecidos como de carvão) funcionam através de um processo químico, pois o carvão tem uma propriedade natural que permite absorver o cloro, melhorando o gosto da água, reduzindo sua concentração e evitando contaminação por bactérias. Fáceis de instalar, duram entre seis e nove meses;
  • No caso dos filtros de raios ultravioletas, a água é exposta a uma lâmpada que emite raios capazes de quebrar as moléculas das baterias e as paredes protetoras do vírus, destruindo esses micro-organismos. Essa capacidade toda lhes permite purificar a água;
Filtro ultravioleta purificador de água

Filtro ultravioleta purificador de água

  • Filtros de membrana de osmose (também é possível encontrar com os nomes “osmose reversa” e “membranas de fibra oca”) possuem uma membrana semipermeável extremamente fina para remover impurezas (ferrugem, sedimentos e arsênio) que se encontram na água, retendo protozoários e bactérias. A desvantagem desse tipo de filtro é que, em média, por cada litro de água limpa e de qualidade, são necessários cinco litros de água para purificá-la e pela grande pressão que o processo deve despender, além de ter que substitui-los em curtos períodos de tempo;
  • Os filtros de garrafa tem custo mais baixo e são de fácil utilização. São eficazes na remoção do cheiro e do gosto da água oriundos da rede pública. Conseguem remover o chumbo e o cloro, mas com a desvantagem de não eliminarem agentes mais maléficos à saúde do ser humano;
  • O sistema de filtragem com minerais é físico, sendo que minerais como a dolomita (carbonato natural, duplo, de cálcio e magnésio) e o quartzo foram uma peneira e as impurezas ficam ali retidas quando a água passa por eles. Especialistas dizem que esse tipo de filtro consegue reter até 99% de partículas. Além de reter ferrugens, lodo e limo, o sistema de filtragem com minerais é o mais simples e mais barato, custando em torno de 60 reais, enquanto que os filtros de carbono e membrana tem custo mediano (em torno de 250 reais) e os mais caros são os raios ultravioletas, que chegam a custar dois mil reais.

NOTÍCIAS DO MOMENTO

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

One Response - Add Comment

Comentários