Grama Japonesa – preços, sementes e cultivo



Se você é dessas pessoas que pensam que grama é tudo igual, saiba que você está muito enganado. Grama também tem marca e espécies diferentes, que se adaptam melhor a condições específicas, e que criam resultados muito particulares no paisagismo. Vamos continuar o nosso assunto sobre os diversos tipos de gramas existentes hoje no mercado, e a grama de hoje é a Grama Japonesa.

Gramado de grama japonesa

Gramado de grama japonesa

Características da Grama Japonesa

A grama japonesa, também conhecida como grama coreana, é uma espécie de grama altamente indicada para o uso em jardins residenciais, condomínios, empresas, campos de golfe e jardins orientais. Isso porque a planta tem folhas, muito estreitas, pequenas, macias, compactas e bem pontiagudas.

Além disso, a grama japonesa tem como característica o seu lento crescimento, necessitando por isso, de pouco aparo. Quando aparada a grama forma um verdadeiro colchão verde e não sendo podada a grama forma um tapete extremamente denso e muito macio. Esta é uma das espécies mais utilizadas, principalmente pelos paisagistas, que adoram a delicadeza que a grama traz aos jardins – delicadeza essa oriunda das suas folhas estreitas.

Jardim com grama japonesa

Jardim com grama japonesa

Projeto de jardim contemporâneo usando vasos decorativos e grama japonesa

Projeto de jardim contemporâneo usando vasos decorativos e grama japonesa

Jardim com grama coreana, usando várias plantas exóticas no jardim

Jardim com grama coreana, usando várias plantas exóticas no jardim

Clima

Quanto ao clima que a grama japonesa, ou coreana, deve ser cultivada preferencialmente em climas tropicais, em pleno sol, ao contrário de outras espécies como a grama preta. Não tente planta-la em climas frios pois a grama não resistirá, ao então não ficará tão bela como deveria.

Além disso, a grama japonesa também necessita de muitos nutrientes, por isso é necessário uma fertilização semestral no solo para que ela permaneça na sua beleza.

Manutenção

A manutenção da grama japonesa tem pros e contras, se por um lado ela não necessita de constantes aparos – devido ao seu lento crescimento, por outro ela precisa de muito mais atenção.

Essa grama pode alcançar em média os 15 cm de altura, mas deve ser aparada quando ela tiver cerca de 4 cm. O aparo dela não é necessário, mas pode ser feito apenas para nivelar o gramado. Porém, é necessário algum cuidado nessa etapa, pois caso a grama seja aparada demais pode ficar exposto a parte inferior da grama.

Vantagens

As principais vantagens da grama japonesa são:

  • O seu aspecto denso e cheio
  • A sua cor verde numa tonalidade intensa, com alto valor estético
  • Crescimento lento – diminuindo o número de podas
  • É muito resistente às ervas daninhas

Desvantagens

  • Produz uma espécie de folhagem morta – que deve ser retirada frequentemente
  • Necessita de uma fertilização constante, para que ela continue com a sua aparência viva e bonita
  • Não suporta climas frios, vivendo apenas sobre pleno sol
  • Também não tolera períodos de seca – necessitando de muita irrigação
  • É pouco resistente ao pisoteio e também ao rebrote lento.

Preços

Em relação aos preços, saiba que podem sofrer variações dependendo da região e também do fabricante e da revendedora.

Fizemos um levantamento de preços e chegamos a seguinte base:

O preço médio da grama japonesa pode ser encontrado por valores entre os R$ 15,00 e os R$ 27,00 por metro quadrado.

NOTÍCIAS DO MOMENTO

Comentários