Iluminação para jardins



Difícil imaginar o que não é possível fazer com luzes hoje em dia. Elas são cada vez mais parte do ambiente, decoram, harmonizam, tornam um local mais aconchegante e sofisticado. Enfim, elas servem para muito mais do que simplesmente iluminar, por isso que a iluminação não deve estar presente apenas nos interiores. É possível fazer da iluminação do jardim uma atração também. Principalmente porque, depois que a iluminação natural do sol se vai, não podemos deixar de apreciar o projeto paisagístico. E são tantas opções hoje em dia, para todos os gostos e estilos, que ninguém precisa mais ficar em dúvida sobre o que fazer para tornar o jardim ainda mais bonito. Há variações de luzes para todos os gostos e estilos.

iluminação de Jardin - Refletores devem sempre ficarem ocultos para evitar o ofuscamento do usuário na iluminação do jardim

iluminação de Jardin – Refletores devem sempre ficarem ocultos para evitar o ofuscamento do usuário na iluminação do jardim

Como iluminar o seu jardim

A decoração de jardins e fachadas possui algumas regras definidas para que o melhor efeito seja obtido na iluminação, por isso uma boa dica para propor a iluminação de ambientes externos é contratar um Light Designer, ou um arquiteto com especialização em Luminotécnica. Mas caso você esteja sem grana e mesmo assim deseja ter uma boa iluminação no jardim, siga as seguintes dicas:

  1. Evite o uso de iluminação e de refletores coloridos para a iluminação de árvores, arbustos e outros elementos no jardim. Apesar do uso de refletores verdes para iluminação de árvore ser bastante comum, ele é considerado muito “fora de moda”. A iluminação recomendada é o uso de refletores de luz branca, para valorizar as cores naturais da vegetação;

    O uso de refletores coloridos é considerado mito fora de moda

    O uso de refletores coloridos é considerado mito fora de moda

  2. Para valorizar elementos verticais do paisagismo, como árvores muito altas, palmeiras ou outros elementos predominantemente verticais, use iluminação embutida no solo ou refletores que apontem para cima. A iluminação de baixo para cima ajuda a reforçar o caráter vertical dos elementos vegetais;

    Palmeiras do jardim iluminados de baixo para cima, reforçando a verticalidade

    Palmeiras do jardim iluminados de baixo para cima, reforçando a verticalidade

  3. Para entradas de carros, passagens de pedestres ou outros elementos de tráfego, você pode optar pela chamada iluminação de balizamento, aquelas luminárias baixas que ficam ao lado das passagens, indicando o caminho;

    A iluminação de balizamento ajuda os pedestres e veículos a se guiarem pelo jardim

    A iluminação de balizamento ajuda os pedestres e veículos a se guiarem pelo jardim

  4. Nunca deixe os refletores a mostra. Esses elementos causam um grande ofuscamento às pessoas, por isso devem ser “escondidos” atrás de moitas, em desníveis do jardim, ou através de outros subterfúgios, mas a melhor iluminação é aquela que muito ilumina, mas pouco aparece;
Iluminação de jardim residencial com palmeiras

Iluminação de jardim residencial com palmeiras

Dicas para a iluminação de espaços e elementos

À noite, portanto, a dica é saber o que “não” iluminar. Isso mesmo. O principal na iluminação de jardins é destacar pontos e não iluminar por completo cada espaço. Um projeto de iluminação pode ser dramático, sóbrio, discreto ou até mesmo bem moderno, mas sempre destacando os pontos principais do local e “escondendo” o que não precisa ser mostrado à noite.

Luzes de balizamento ajudam o pedestre a se guiar pelas escadarias

Luzes de balizamento ajudam o pedestre a se guiar pelas escadarias

A iluminação LED tem sido a escolha número um quando o assunto é jardim. Isso porque ela é super prática, de fácil instalação e possui uma vida útil realmente longa. Além da economia na conta de luz, é claro. Os pontos de LED oferecem opções diversas no que diz respeito ao tamanho e às cores, e isso é um atrativo a parte. Além disso, a outra grande vantagem é a segurança, já que não há conexões elétricas ou terminais de energia que possam dar choque ou causar queimaduras.

Os pontos de luz no jardim devem ser instalados em locais onde haja trânsito de pessoas, e próximos a bancos, cadeiras e sofás. Além disso, eles também são necessários ao redor de esculturas, vasos e plantas que mereçam destaque e também ao redor de árvores.

As luminárias mais fortes podem ser instaladas em cantos estratégicos do jardim, para que sua luz tenha um alcance maior. Apenas é necessário analisar com antecedência o gasto de energia que elas produzem, se a lâmpada é quente ou fria e que tipo de cor ela vai imprimir sobre o ambiente.

Para obter o chamado “efeito sombra” a luzes precisam ser instaladas entre a vegetação; já para uma iluminação mais aberta, postes de luz e luminárias devem ficar mais visíveis e ao redor do que se deseja destacar.

NOTÍCIAS DO MOMENTO

Comentários