Instalações Elétricas, tudo o que você precisa saber



Basta olhar ao nosso redor para perceber que tudo está cercando de eletricidade. Fica até difícil imaginar como seriam nossas vidas sem a energia elétrica. A eletricidade é invisível e impalpável, mas nós a percebemos quando ela se manifesta na forma de luz, calor e até de choque elétricos. Na engenharia elétrica, as instalações elétricas são as estruturas que lidam com o transporte da energia elétrica proveniente de uma fonte geradora, sua transformação e seus pontos de utilização.

Cabos elétricos, usados nas instalações elétricas

Cabos elétricos, usados nas instalações elétricas

Um ponto de utilização de energia elétrica nada mais é do que uma tomada, uma lâmpada, um interruptor. Ou seja, todo ponto onde há a presença da energia elétrica. Para fazer uma instalação elétrica e implementá-la em determinado lugar, existem várias fases e o projeto deve ser feito por alguém capacitado. É importante seguir as regras da Norma Brasileira 5410 para evitar futuros problemas.

 O que é Potência em Instalações Elétricas?

Para se entender como funcionam os fundamentos das Instalações Elétricas, precisamos primeiro entender os conceitos relacionados à energia elétricas. A potência elétrica acontece quando há corrente elétrica e tensão elétrica. A potência é resultado da ação desses dois fatores agindo juntos, basicamente é a “força” ou “trabalho” que é feita com uma certa quantidade de energia. A potência ativa pode ser transformada em mecânica, térmica e luminosa. É o que faz funcionar eletrodomésticos, por exemplo. A potência reativa é transformada em campo magnético, produzindo o funcionamento de motores e transformadores.

Equipamentos relacionados à iluminação geralmente são os com menores potências, como lampadas e iluminação em geral, enquanto que os responsáveis por  aquecimento são os que costuma ter maiores potências, como aquecedores elétricos, chuveiros elétricos, ar condicionados, etc.

Projeto de iluminação elétrica

A Norma Brasileira NBR 5410:2004 prevê que cada ambiente tenha pelo menos um ponto de luz no teto, a ser ligado através de interruptor na parede. Para áreas iguais ou inferiores a seis m², recomenda-se um mínimo de 100VA; para área superior a seis m², acrescentam-se mais 60 VA para cada aumento de 4m² inteiros. A mesma norma também estabelece que haja em cada cômodo ao menos 1 ponto de tomada, incluindo banheiros e varandas.

Você pode conferir a norma NBR 5410 na íntegra através deste link.

Projeto de Instalações elétricas

Aspécto geral de um projeto de instalações elétricas

 Fornecimento de tensão

É obrigatório que haja um poste de energia para fornecimento de tensão. O padrão de entrada é o poste com isolador de roldana, bengala e haste de terra, atendendo às especificações da empresa que fornece a energia elétrica. Ao fazer a instalação, a empresa vistoria o trabalho e faz a ligação. O quadro de distribuição com disjuntores deve estar localizado em ambiente de fácil acesso.

Condutores elétricos

O condutor elétrico é o produto destinado a conduzir a corrente elétrica, sendo que os fios e os cabos são os tipos mais conhecidos de condutores elétricos. Já o condutor terra é um condutor de proteção, que evita que a corrente elétrica seja atraída pelo corpo humano. Ele está presente em eletrodomésticos, o que evita que tome-se um choque cada vez que se aproxima de um aparelho eletro, eletrônico.

NOTÍCIAS DO MOMENTO

Comentários