JARDINS RESIDENCIAIS – Crie o seu em 15 passos



Para quem mora em casa, ter um belo jardim é uma questão fundamental para garantir a beleza do sue imóvel. Seja um jardim florido, ou um mais natural com folhagens e vegetação natura, não já como não se encantar com um belo jardim residencial. Mas muita gente que adquire sua casa pode não ter experiência o suficiente para montar o seu próprio jardim residencial, por isso vamos aprender a montar um hoje mesmo? Bora lá então! Fique atento as nossas dicas e boa leitura.

Jardim decorado com várias folhagens

Jardim decorado com várias folhagens

Pois é, mas nem toda a gente consegue ter um jardim, ou melhor, nem toda a gente acha que pode ter um. Mas a verdade é que qualquer pessoa em qualquer espaço consegue montar um belo jardim, só depende da vontade das pessoas! E hoje o nosso assunto é exatamente esse – Jardins residenciais!

Como criar um jardim

  • O primeiro passo para quem deseja criar um jardim residencial é pensar e medir todo o tamanho onde será implantado o jardim. Só assim você poderá fazer um projeto específico para o seu espaço.

    Entrada de casa decorada com flores e arbustos no jardim

    Entrada de casa decorada com flores e arbustos no jardim

  • Depois de escolhido o espaço é hora de pensar no estilo. Existem alguns jardins mais simples, outros mais detalhados e requintados, alguns mais coloridos outros mais verdes, enfim… Isso irá depender do seu gosto pessoal! Não aceite muitas sugestões, sobre o estilo, escolha-o de acordo com a sua vontade e personalidade.

    Jardim de pedra para residencia estilo santa fé

    Jardim de pedra para residencia estilo santa fé

  • Para as pessoas que preferem o estilo mais moderno com os famosos jardins verticais compostos por plantas altas e grandes, uma dica é utilizar peças e apoios de madeira no jardim. Isso vai dar um ar mais natural e sofisticado ao espaço.

    Jardim moderno minimalista com linhas retas

    Jardim moderno minimalista com linhas retas

  • Já para as pessoas que preferem o estilo mais clássico, a dica é escolher os modelos de jardins com um pequeno lago, uma pequena cascata, algumas pedras decorativas, alguns canteiros de flor e tudo mais que for do seu agrado.

    Jardim residencial clássico com fonte e arbustos

    Jardim residencial clássico com fonte e arbustos

  • Depois de escolhido o espaço e o estilo é hora de escolher as plantas e as flores que serão plantadas no seu jardim. Procure escolher as plantas que mais se adequam a sua região e também ao estilo escolhido por você. Lembrando que elas podem ser trocadas de acordo com as mudanças de estações, o que facilita bastante.

    Jardim residencial florido

    Jardim residencial florido

  • Procure combinar flores delicadas com plantas mais rústicas, esta combinação dá um ar bastante interessante ao seu jardim. E caso você não tenha muito tempo para se dedicar ao seu jardim procure utilizar plantas mais resistentes que não necessitem de uma rega diária, e nem de uma poda frequente. Afinal não queremos deixar as plantas morrerem nem deixar elas abandonadas lá no canto, não é mesmo?

    Jardim seco de cactus que não precisa de rega

    Jardim seco de cactus que não precisa de rega

Lembrando que o jardim para residências pode ser feito num pequeno espaço do quintal, num cantinho do muro ou até mesmo no caminho da entrada, o que dá uma ótima vista de bem-vindas aos seus convidados, todos vão adorar e perguntar como você fez aquele belo jardim.

Pois é gente, nada de desculpas de que não tem espaço, de que não tem tempo e nem de que não pode. Como vimos, o jardim pode ser construído em pequenos espaços e sem grande necessidade de cuidados diários, desde que bem planejado.

Vamos então começar a construir o seu jardim residencial? Mãos à massa então! Ou melhor, a Terra!

NOTÍCIAS DO MOMENTO

Comentários