Juntas de dilatação estruturais em projetos



Quando falamos em construção civil é difícil ter o conhecimento de todos os detalhes de uma maneira aprofundada, afinal existem imensos detalhes dos quais não temos conhecimento da maneira certa. E hoje vamos falar de uma dessas pessoas, pouco conhecidas, no entanto, muito importantes, são as juntas de dilatação.

Junta de dilatação entre peças de piso

Junta de dilatação entre peças de piso

Afinal o que é? E para que serve?

As juntas de dilatação são as separações físicas que são feitas nas estruturas com a intenção de permitir o movimento de ambas as partes em causa, sem eu haja um esforço desnecessário entre elas.

Junta de dilatação estrutural visível no piso

Junta de dilatação estrutural visível no piso

Tratamentos mais comuns

  • Junta de dilatação com Perfil de Neoprene – Este tipo de material apresenta características contínuas e maciças e pode ser fixado e/ou calcado entre as cantoneiras de aço que propiciam a proteção aos cantos das juntas. Este adesivo apresenta um alto nível de desempenho e a pressurização das mesmas é efetuada através de ar comprido e também de válvulas.
  • Junta de dilatação com Banda Sintética – Já este tipo de junta consiste na aplicação de uma banda sintética, tipo hypalon ou neoprene, com alto nível de resistência. Elas são colocadas em ambos os lados das juntas com, a ajuda de uma cola específica com um nível elevado de resistência, normalmente o mais utilizado é o adesivo epoxy.
  • Junta de dilatação com Mástique de Poliuretano – Estas juntas por sua vez, consistem na aplicação de espuma de polietileno que acaba funcionando como uma junta que limita e controla a espessura do material que serve para selar – o mástique. Caso você escolha essa opção lembre-se que antes é necessário a aplicação de um produto primário para que haja uma melhor adesão do material de selagem.

    Esquema de como é projetada uma junta de dilatação com espaçador de EPS

    Esquema de como é projetada uma junta de dilatação com espaçador de EPS

Onde usar?

As juntas de dilatação podem ser utilizadas nas mais diferentes estruturas. Temos como exemplo as seguintes:

  • Estruturas de concreto;
  • Separação entre blocos de edifício;
  • Separação entre pontes;
  • Separação entre viadutos e suas estruturas;
  • Estruturas de vedação;
  • Separação de pisos e azulejos;
  • Paredes e muros;
  • Estruturas de borracha ou de PVC;
  • Fachadas;
  • Estruturas de gesso;
  • Entre outras;

Preços de juntas de dilatação

Os preços dessas estruturas variam de acordo com as finalidades, marcas e também de cidade para cidade. Porém, de uma maneira geral, o preço mais baixo encontrado é em torno de R$ 2,00 a R$ 5,00.

Então para resumir e deixar bem claro para que serve e porque usar as juntas de dilatação, se liga na informação do exemplo abaixo.

Os prédios, por exemplo, quando são construídos de concreto ficam expostos ao calor e ao frio, dilatando-se com as temperaturas altas e contraindo-se com as temperaturas mais baixas. Ou seja, os prédios de hoje em dia são construídos com um pequeno afastamento entre as suas partes, isso para impedir que ocorram rachaduras quando forem expostos a variações térmicas. Para comprovar isso, você pode observar um prédio no calor e no frio. Irá notar que com o calor o espaço existente desaparece enquanto que com o frio esse espaço se torna bastante notável, chegando até mesmo a assustar algumas pessoas, que pensam que o prédio está se desfazendo.

Sempre que houver juntas de dilatação, significa que as partes do prédio ali não estão ligadas. Estruturalmente é como se houvessem dois prédios um do lado do outro, tanto que peças estruturais, como pilares e vigas junto a juntas de dilatação sempre terão o dobro de espessura, pois devem ser duplicados.

NOTÍCIAS DO MOMENTO

Comentários