Lâmpadas Fluorescentes – Vantagens e Desvantagens

É provável que você já tenha notado a imensa quantidade de locais que utilizam lâmpadas fluorescentes na iluminação. Lojas, escritórios, restaurantes, shopping centers, hotéis, escolas… Elas estão praticamente em quase todos os estabelecimentos desse tipo e a explicação é óbvia: além de possuírem excelente vida útil (milhares de horas) e iluminarem de maneira otimizada, clareando com grande desempenho e permitindo visualização de cores mais fiel, as lâmpadas fluorescentes são econômicas (consomem pouca energia) e oferecem uma grande variedade de designs. Além disso, as lâmpadas fluorescentes reduzem as emissões de CO2 o que é muito útil nos dias atuais, devido à questão ambiental, cada vez mais forte e primordial na hora de fazer escolhas para a construção.

Lâmpada fluorescente com bulbo e27

Lâmpada fluorescente com bulbo e27

Elas começaram a substituir gradativamente as antigas lâmpadas incandescentes (as conhecidas de luz “amarela”, que consumiam mais energia e retinham muito calor), também nas residências onde eram muito utilizadas. Desde 2001 sua venda foi sendo amplamente incentivada, devido as suas vantagens e também após alguns episódios de apagão no país. Em 2008, os dados apontavam que o Brasil chegou a comercializar aproximadamente 100 milhões de lâmpadas fluorescentes.

As lâmpadas fluorescentes mais vendidas são as tubulares e as compactas. As diferenças entre elas não indicam que uma seja necessariamente mais útil ou econômica que outra, sendo o uso e a aplicação o fator principal para sua escolha de formato.

Diferenças entre lâmpadas fluorescentes tubulares e compactas

As lâmpadas fluorescentes tubulares, como o próprio nome sugere possuem um formato arredondado (tubular) e são muito utilizadas em cozinhas, escritórios, salas de aula, galpões e garagens. Elas são grandes e podem iluminar uma área igualmente grande. Seu potencial de iluminação geral é ótimo e o consumo de energia é baixo. Para utilizá-las é necessário que os bocais estejam adaptados ao seu tamanho e formato. Algumas são ovais ou redondas e outros modelos são compridos.

Lâmpadas fluorescentes tubulares, com soquete tipo pino

Lâmpadas fluorescentes tubulares, com soquete tipo pino

Já as lâmpadas fluorescentes compactas possuem o formato mais parecido com o das antigas incandescentes, o que facilita a troca desta pela nova, já que os bocais não precisam ser substituídos. Possuem design menor e mais achatado, além de uma vida útil de aproximadamente 15 mil horas.

diferentes modelos de lâmpadas fluorescentes compactas

diferentes modelos de lâmpadas fluorescentes compactas

As lâmpadas compactas com base de pino (soquete) são ideais para aplicações profissionais. Elas são versáteis e tem ótima eficiência. Seu encaixe no bocal é feito a partir de pinos. Existem também as lâmpadas compactas com base de parafuso, que devem ser rosqueadas no bocal para seu encaixe total.

Tipos de lâmpadas fluorescentes tubulares

os principais tipoos de lãmpadas flourescentes tubulares comercializados no Brasil são as Lâmpadas T5, T8, T10 e T12. A diferenças entre esses tipos de lâmpada é o diâmetro do tubo, seguindo as dimensões da tabela a seguir:

Fluorescente T5 16 mm
Fluorescente T8 26 mm
Fluorescente T10 33,5 mm
Fluorescente T12 38 mm

As lâmpadas mais avançadas tecnologicamente são justamente as com menor diâmetro. Isso porque as suas dimensões reduzidas permitem que ocupem menos área na luminária, mas gerando quantidade semelhante de luz, que será mais refletida para o ambiente, conforme gráfico a seguir:

Lâmpadas fluorescentes tubulares de menor diâmetro rendendo mais por permitir maior área de reflexão dentro das luminárias

Lâmpadas fluorescentes tubulares de menor diâmetro rendendo mais por permitir maior área de reflexão dentro das luminárias

NOTÍCIAS DO MOMENTO

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Comentários