Madeira de Demolição



É cada vez mais comum o uso de produtos sustentáveis para diversas finalidade, inclusive para decoração. Se antes eles não eram considerados materiais finos, com a necessidade e preocupação de preservar o meio ambiente os tornaram praticamente artigos de luxo. Um exemplo disso são as madeiras demolição.

A madeira de demolição é um produto sustentável e conseguida em móveis antigos, escadas de madeiras, paredes e construções que já estão velhos e sendo demolidos ou desmontados. No Brasil já existem empresas que compram e reformam este material que é considerado artigo de luxo, pois nada mais é do que madeira pura e ainda preserva o meio ambiente.

ambiente com madeira de demolição

ambiente com madeira de demolição

O que é madeira de demolição e o que dá para fazer com ela?

Mas como que uma tábua velha, furada, quebrada, pode se tornar uma peça fina? As madeireiras sustentáveis compram o produtos e o reformam. Tudo quanto é tipo de madeira velha pode ser reutilizada para dar vida a móveis e outros artefatos. Contudo, como as peças são irregulares é necessário lixar e alinhar com a ajuda de uma máquina. Após estar no formato adequado, a peça recebe um mão de verniz ou de seladora. Os tipos de madeira de demolição mais requisitados são o jacarandá, o jatobá e o ipê.

Exemplos de madeira de demolição são aquelas usadas nos trilhos dos trens. Cada pedaço pesa em média 100 quilos e são feitas de madeira pura. Ela é uma das preferidas dos decoradores.

painel de madeira da demolição

painel de madeira da demolição

Outro tipo de madeira bastante procurada é a peroba rosa, geralmente obtida em casas antigas. Ela é utilizada para pisos devido ao seu aspecto rústico, conseguido através de muitos anos de chuva e sol. Esse tipo de madeira é muito valorizado no mercado, e o metro quadrado colocado pode custar até sete mil reais.

Com a madeira de demolição ainda é possível fazer quadros decorativos, peças de decoração, decks de jardins ou playgrounds, mesas, aparadores, armários, entre outros. Embora seja sustentável, o preço por móveis e artigos feitos com madeira de demolição custam caro. Geralmente essas peças são adquiridas por pessoas de alto poder aquisitivo. Por exemplo, uma mesa feita de madeira de peroba pode custar em média R$ 2.500. Um chuveiro feito com a madeira do trilho do trem é vendido por uma empresa paulista por 800 reais. Já um painel para parede não sai por menos de R$ 3.500.

 Investimento no ramo

Quem tem interesse em trabalhar com madeira de demolição pode dar o primeiro passo adquirindo o ‘kit iniciante’, produzido por uma das empresas atuantes no ramo. No kit consta um pincel, escova de aço, detector de metal (para verificar se não existe nenhum material metálico entre as madeiras), um vídeo e uma cartilha explicativa e matéria prima para iniciar o negócio. Tudo isso vem em um baú e custa R$ 3.500.

Fotos de Madeira de Demolição

NOTÍCIAS DO MOMENTO

Comentários