Madeira Plástica – madeira reciclada extrudada



A fim de contribuir com a preservação do ambiente e evitar constantes desmatamentos, uma solução 100% ecológica foi criada: a madeira plástica. Quase igual a madeira convencional – tanto em aparência quanto em textura –, essa solução inteligente de sustentabilidade é fabricada a partir da reciclagem de vários tipos de plásticos, como embalagens em geral (de doces, salgadinhos, entre outros), sacos de lixo, frascos de detergente, amaciantes, água sanitária, xampu etc. e que são processados e pigmentados até chegar a ser um material sólido.

Deck e casa no material

Casa e deck feitos em madeira plástica extrudada.

O que é madeira plástica?

Essa madeira sintética (algo feito em laboratório ou indústria artificialmente de uma síntese de componentes para ser similar ao natural) é resultado do processamento e reciclagem de polietileno (substância plástica resultante da polimerização do etileno usada para a fabricação de recipientes e embalagens, tubos etc.) de alta densidade, lixo, serragem de madeira, carbonato de cálcio, caulim (argila pura e branca usada na indústria de cerâmica e porcelana), pigmentos, plastificante e poliestireno (substância resinosa resultante da polimerização do estireno usada para a fabricação de isopor e de diferentes tipos de embalagens). Como os polímeros de plástico não se misturam, a junção é feita mecanicamente, forçando que fiquem juntos por métodos de compressão. Os plásticos vão para uma esteira onde são processados a aproximadamente 180 ºC e quando derretidos, recebem pigmentos. Para ganhar forma, o plástico líquido vai para as injetoras. Por fim, são resfriados a 10 ºC e ganham acabamento. Para se ter uma ideia, são necessários 945 kg de resíduos urbanos e industriais como garrafas PET* (polímero que pode ser amolecido por aquecimento e endurecido por resfriamento em temperaturas adequadas, muitos usadas em embalagens), para a obtenção de 1 m3 de madeira plástica.

A madeira plástica substitui a convencional na fabricação de móveis, portões, pisos, revestimentos de fachadas, decks de jardins, píer (estrutura construída sobre o mar para a atracação de embarcações), gazebos (pequenas construções geralmente de lados abertos e com cobertura, que se ergue em jardins e parques) e principalmente em pontos externos que sofrem com as ações do tempo (intempéries) ou sob umidade, como escadas, corrimãos, estrados, mesas bancos de praça, cobertura de pontes etc.).

Viga de madeira plástica

Viga de madeira plástica, provando que as mais diversas peças podem ser feitas com o material extrudado

 

Móveis madeira extrudada

Diversas peças de mobiliário feitas com madeira extrudada

Vantagens da Madeira Plástica

Embora seja quase 50% mais cara que a convencional, a madeira plástica possui inúmeras vantagens, como a durabilidade de até 50 anos, ou seja, o investimento inicial “compensa” a longo prazo, já que são bastante resistentes ao desgaste natural (chega a se quatro vezes mais resistente que a madeira convencional) e não necessitam de pintura (a manutenção é feita limpando apenas com sabão e água). Dentre as vantagens: é antiderrapante; é resistente a corrosão e pode ser exposta ao sol, chuva, poeira; não absorve umidade; é imune a mofos, fungos, pragas, como roedores, cupins e insetos; não forma farpas e não empena (entortar devido ao calor, umidade ou choque) e ainda pode ser parafusada, pregada, colada e ser ligadas com rebites (dobras que são feitas na ponta de um prego para que não saia da madeira) sem causar rachaduras quando são introduzidos. Além disso, é possível comprar a madeira plástica na cor desejada. Um único ponto a ressalvar é o fato da maleabilidade (flexibilidade, dobrável, elasticidade) da madeira plástica não permitir que ela seja instalada em telhados ou grandes estruturas que tenham que suportar muito peso.

* Segundo a ABIQUIM (Associação Brasileira de Indústria Química), o Brasil é líder em reciclagem de PET, com 55% de sucesso na ação; um número considerado alto, uma vez que esse tipo de ação ainda é restrito aos grandes centros urbanos. E ainda segundo a Associação, somente 15% de todo o plástico produzido no país é reaproveitado.

Fotos de Madeira Plástica

NOTÍCIAS DO MOMENTO

One Response - Add Comment

Comentários