Uma dúvida comum em construção e reforma – principalmente na escolha de moveis – é na hora de escolher o material do qual será feita a mobília: MDP ou MDF – Qual o melhor? Qual o mais barato? E qual é indicado para cada tipo de serviço? Para resolver essas e outras questões, preparamos um texto para tirar as suas dúvidas sobre esses dois materiais, para facilitar a sua vida, na hora de optar entre o MDP e o PDF para decorar a sua casa ou escritório. Confira a seguir.

MDP ou MDF
MDP ou MDF? Qual escolher?

Quais são as principais diferenças entre essas duas siglas em qual situação optar por uma ou por outra? Essas são questões que muita gente faz no momento de uma reforma ou de uma construção.

Quais as diferenças entre MDP e MDF

Apesar de serem bastante semelhantes, pois ambos os materiais são criados por um mesmo método. Tratam-se de materiais feitos de fibras de madeira aglomerada, mas a grande diferença entre eles é a densidade das fibras do material, que resulta em uma grande diferença no peso e na resistência entre os dois materiais. Enquanto que a Medium Density Fiberboard (MDF) tem todo o seu miolo, ou seja, o seu centro composto por fibras de madeira, a Medium Density Particleboard (MDP) é feito com partículas de madeira.

Vantagens e desvantagens
Vantagens e desvantagens – Imagem: valoresnoticia.net

Veja também:

Maleabilidade do MDF

O que isso quer dizer na prática, é que o MDF acaba tendo uma maleabilidade muito maior, por isso, pode ser sujeito a cortes diversos, o que facilita com que moveis de estilos diferentes, com design mais inovadores possam ser feitos com o uso desse material, algo que seria impossível com o MDP.

  • MDF pode ser cortado em diversos formatos;
  • MDP só pode ser cortado em linhas retas, para evitar rompimento ou enfraquecimento da peça

Uma vantagem do MDF, em relação ao seu concorrente é que, por ser fabricado por fibras de madeira de alta densidade, acaba sendo ótimo para acabamentos, pois, combina melhor com alguns tipos de ambientes, enquanto o MDP é mais rígido e por isso, tem que ser usado em situações mais específicas

.

MDF e MDP
MDF e MDP

Por fim, ainda no sentido de maleabilidade, o MDF acaba servindo para peças de tamanhos diversos, desde uma pequena mesa, até um grande armário, já que esse tipo de material, possui essa versatilidade de ser usado em diferentes situações, algo que o MDP não consegue.

Vantagens do MDP

Por outro lado, o MDP tem suas vantagens também: por ser fabricado em fibras de menor densidade, o material acaba sendo muito mais leve do que o seu concorrente. Além disso, a baixa densidade do material permite um gasto menor de fibras para cada chapa, o que resulta em um valor bastante inferior em relação ao MDF.

Outro ponto positivo do MDP, é que ele possui uma utilização mais prática, enquanto que o MDF é usado para um móvel mais arrojado, que permite uma criatividade maior do decorador, no momento de montar uma casa, o MDP acaba sendo mais direto, usado em portas e prateleiras.

Conclusão:

Concluindo, na verdade, em uma casa, acaba se utilizando os dois tipos de matérias, já que enquanto acaba servindo para propósitos mais estéticos e criativos, para dar um ar mais elegante para um ambiente o outro acaba tendo sua utilidade prática, para moveis que serão usados no dia a dia, assim, para um ambiente ficar na perfeita harmonia, tanto o MDP, quando o MDF, terão que ser utilizados.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Nenhum comentário

Deixe uma resposta