NBR 9050: Cálculo de Rampas, Portas de Banheiro, Corrimãos

Se você vai realizar uma obra precisa tornar seu projeto o ais acessível possível. Por isso, deve entender e aplicar as normas previstas na ABNT NBR 9050.

Em uma construtora é imprescindível pensar na mobilidade de determinados grupos de indivíduos como grávidas, idosos e pessoas com deficiência física.

O que a maioria das pessoas não sabe é que vem a ser a NBR 9050.

Neste post você descobrirá o que é, para que serve e como são realizados seus cálculos.

O Que é NBR 9050 e Para Que Serve?

O Que é NBR 9050

A NBR 9050 é uma norma Brasileira Regulamentadora  criada no ano de 1985 pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e visa determinar todos os aspectos relacionados às condições de acessibilidade no espaço urbano.

Desse modo, é através dela que são estabelecidos os parâmetros e critérios técnicos que precisam ser observados em uma construção.

Inclui também aqui a instalação e adaptação de equipamentos, espaços e mobiliários urbanos para quem não sejam excludentes.

Em suma, o objetivo da NBR 9050 é que o maior número de pessoas fique seguras ao usar equipamentos.

E isso deve ser independente de estatura, idade ou ainda limitação de mobilidade. Todos devem estar em um ambiente seguro.

Dentre as determinações que são estabelecidas pela NBR 9050 estão:

  • Barreira arquitetônica
  • Desenho universal
  • Espaço para circulação de cadeiras de rodas
  • Também tecnologia assistiva
  • Rampas de acesso
  • Sinalização horizontal e também vertical
  • Características distintas de piso
  • Plataforma elevatória
  • Banheiros acessíveis
  • Informações em Braile
  • Por fim, estacionamento

No entanto, vale salientar que a NBR 9050 não é direcionada especificamente a deficientes.

Embora esse público faça parte dos grupos alcançados, outros também são visados.

Todavia, para garantir que essas normas sejam implementadas, aqui no Brasil o responsável é quem assina a obra.

Mas caso o profissional não tenha experiência no assunto, ele pode acessar o material educativo disponibilizado por alguns CREAS do país (link no final do post). Cano precise também há disponível alguns materiais de acessibilidade.

No entanto, é comum alguns profissionais responsáveis pelos projetos, não respeitarem essas diretrizes.

É justamente, por isso, que o setor responsável pela fiscalização da NBR 9050 fica por conta do CREA que realiza esse controle por meio da ART – Anotação de Responsabilidade Técnica.

Além disso, outros órgãos como os de licenciamento municipal  podem fazer a fiscalização e autorizar a obra.

Cálculo de Rampas NBR 9050

Indivíduos não portadores de deficiências ou necessidades especiais geralmente pensam que qualquer rampa resolve o problema.

Por certo, as rampas construídas seguindo as diretrizes da NBR 9050 são excelentes para cadeirantes.

Logo, para fazer esse cálculo basta dividir (h) a altura do desnível pela (h) distância no plano horizontal. Depois, pegue o valor encontrado e divida por 100. Lembre-se que o máximo de inclinação de uma rampa deve ser 8.33%.

Veja o cálculo:

(h/d) x 100 = inclinação

Portas de Banheiro

As portas devem ter vão livre de no mínimo 0,80 cm de largura com abertura para fora e 1,20 cm de altura.

Além disso, os primeiro 40 cm precisam receber revestimento mais resistente por conta das batidas das cadeiras de roda.

Corrimãos

Em síntese, o corrimão acessível deve ter seção circular com diâmetro que fique entre 3 cm e 4,5.

Norma NBR 9050 PDF

Clique para BAIXAR a norma NBR 9050

Norma NBR 9050 PDF

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Comentários