Orquídeas Raras: Conheça 4 Quase desconhecidas

Quer conhecer alguns tipos de orquídeas raras? Saiba que existe grande variedade e que a maioria delas possui um grau de dificuldade de cultivo elevado. Atualmente temos catalogadas mais de 3.600 espécies de orquídeas, mas existem aquelas que provavelmente nunca veremos de perto, as orquídeas raras. Mas o que defini uma orquídea como raridade? Será que é apenas a pouca quantidade pelo mundo? Não, as orquídeas raras além de serem poucas também trazem algumas caraterísticas que as torna assim, confira:

  • Estão quase em extinção
  • Seu cultivo é extremamente difícil, quase impossível
  • Foram feitas em laboratório e temos poucas espécies

Por certo, é muito difícil ter ou pelo menos ver de perto uma das orquídeas raras, entretanto, por meio desse post, você poderá conhecê-las e saber mais sobre cada uma. Estas apresentadas a seguir não são as únicas orquídeas raras, mas fazem parte desse grupo:

  • Coleman’s Coralroot
  • Fredclarkeara After Dark
  • Telipogon Diabolicus
  • Paphiopedilum Rothschildianum
  • Plantanthera Azoica

Conheça Estas 4 Espécies de Orquídeas Raras

Veja informações sobre cada uma dessas orquídeas, confira imagens, onde podem ser encontradas e por fim, porque são raras.

1.   Coleman’s Coral Root

A primeira da lista das orquídeas raras talvez seja uma das mais difíceis de encontrar, pois só pode ser encontrada em 3 lugares.

  • Montanhas Dragoon
  • Santa Rita nos Estados Unidos
  • Ilhas Sky do Estado do Arizona também nos Estados Unidos

A coleman’s está seriamente ameaçada de extinção e o motivo principal é a agricultura, essa mesma não possui raízes ou folhas e curiosamente não faz o processo de fotossíntese. Sendo assim, essa orquídea bisca sua nutrição por meio de fungos ou hospedeiros que se alojam nela.

É justamente por conta dessa forma de nutrição que a mesa encontra-se ameaça, tendo em vista que qualquer mudança nos fator ambiental pode atrapalhar sua alimentação.

2.   Fredclarkeara After Dark

Fredclarkeara After Dark orquideas raras

A diferença desta para outras orquídeas raras trazidas aqui é que ela é uma planta híbrida, obtida do cruzamento entre a orquídea mormodes, catasetum e clowesia, trata-se de uma orquídea com flores pretas que são decorrente do processo híbrido.

Desse modo, sua raridade não é tanto pela dificuldade de cultivo, e mesmo não sendo fácil de cuidar como, por exemplo, a orquídea Phalaenopsis, seria possível ter, contanto que as regras de cultivo sejam seguidas religiosamente.

A floração preta dessa planta costuma durar em média entre 6 e 7 semanas, ainda é possível ser agraciado com até 22 flores em cada um dos pseudobulbos já maduros. Apesar de ser de difícil acesso, você pode comprar uma, mas já adianto que o preço é bem alto.

3.   Telipogon Diabolicus

Telipogon Diabolicus orquideas raras

Considerada uma das orquídeas mais raras do planeta, a telipogon só pode ser vista um lugar, ela só é cultivada entre Nariña e Putumayo que ficam no sul da Colômbia. Além de ser encontrada apenas nesse lugar, ainda contamos com outra dificuldade. Atualmente contamos com apenas 30 exemplares dela.

4.   Paphiopedilum Rothschildianum

Paphiopedilum Rothschildianum

Enfim, a última das orquídeas raras que trouxe aqui é a maravilhosa Paphiopedilum Rothschildianum, maravilhosa por sua beleza. Alguns especialistas afirma que é a mais linda das orquídeas. Ela só pode ser encontrada no Monte Kinabalu e foi descoberta no ano de 1887.

Cientistas a deixaram escondida durante anos, temendo a ganância dos colecionadores que poderiam leva-la a extinção. Em síntese, vale salientar que a posição em que as plantas foram colocadas aqui não indica nível de raridade.

Se você gostou da ideia de ter uma orquídea para cuidar em casa, temos várias que não raras, mas são lindas, por exemplo a Vanda.

NOTÍCIAS DO MOMENTO

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Comentários