Pintura com pistola e compressor

Você já teve que pintar o seu muro, portão ou fachada e bateu aquela baita dúvida de como fazer essa pintura da melhor maneira? Afinal existe uma série de técnicas para pintura na construção civil, algumas mais trabalhosas, outras mais práticas e mecanizadas, como é o caso da pintura com pistola de ar comprimido. Esse tipo de pintura, extremamente rápida e prática entretanto, exige uma série de cuidados do pintor para evitar o aparecimento de manchas, e mesmo para que este proteja a sua saúde na hora de aplicar a coloração.

Pensando nisso, preparamos algumas informações especiais para você que está pensando em contratar a pintura por pistola de ar comprimido, sabendo como proceder e os cuidados que essa pintura exige do profissional.

Pistola para pintura com ar comprimido, ou pintura por pulverização.

Pistola para pintura com ar comprimido, ou pintura por pulverização.

O que é e quais as vantagens

A pintura com pistola e compressor é, basicamente, um tipo de pintura, como o próprio nome indica, realizada com a ajuda de um compressor (que tem como principal função impulsionar o ar e a tinta para em simultâneo) e de uma pistola (que expulsa o ar e a tinta antes impulsionados pelo compressor, nela também é possível controlar a abertura e consequentemente a quantidade e densidade de tinta que é projetada).

Na pistola para pintar, um pequeno reservatório armazena a tinta para pulverização, tendo que ser recarregada frequentemente

Na pistola para pintar, um pequeno reservatório armazena a tinta para pulverização, tendo que ser recarregada frequentemente

Dentre as vantagens na utilização da pistola e do compressor está o acabamento bem mais profissional e o mais importante – o custo, que é bem mais em conta se comparado aos métodos tradicionais de pintura. Mas aí você diz “ah, mas o compressor é caro, a pistola é cara”… Até pode ser em algumas cidades, mas você gasta muito menos tinta e também tempo, por isso é um verdadeiro investimento!

Os materiais podem ser ainda alugados, evitando maiores gastos com compra de equipamentos caros, e vão ser muito úteis na hora de você pintar e renovar a sua fachada.

Cuidados com a pintura com pistola de pressão

Se você também já se convenceu de que esta é a melhor opção para você pintar o seu portão, fachada e o que mais você precisar se ligue nas nossas dicas para você não errar na hora da pintura!

  • Certifique-se de que a área a ser pintada está totalmente limpa, sem poeiras e nenhum outro resíduo, para que isso não atrapalhe o resultado final;
  • Tenha especial atenção à iluminação do local, pois essa deve ser clara e eficiente a fim de garantir a melhor visibilidade ao pintor;
  • Se o objeto / área em questão possuir alguma tinta é necessário fazer antes um lixamento de toda a superfície para garantir a homogeneidade no resultado final. Nesse passo é importante também escolher o tipo certo de lixa, afinal a lixa utilizada para as fachadas com certeza não é a mesma que a utilizada nos veículos não é mesmo? Por isso atenção nessa escolha!
  • O movimento correto da pistola não é, como muitos acreditam, segurando a pistola e girando de acordo com o objeto. O certo é manter a pistola sempre perpendicular à superfície a ser pintada! Cuidado que este simples fato pode fazer muita diferença no resultado da sua pintura.
  • Ao pintar mantenha a pistola sempre a uma distância entre 15 cm a 25 cm da superfície que está sendo pintada. Lembre-se que se elas estiverem demasiado próximas a tinta pode começar a escorrer, estragando todo o acabamento.
  • Por último, mas não menos importante, utilize sempre todos os materiais de proteção! Os solventes da tinta podem ser bastante prejudiciais e uma máscara é essencial para o pintor.

NOTÍCIAS DO MOMENTO

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

One Response - Add Comment

Comentários