Teto de Gesso: Aprenda como fazer



Mais prático e com acabamento bem equivalente ou até superior ao de alvenaria, o teto de gesso é mais econômico e mais rápido de se fazer, ficando pronto num período de tempo até sete vezes mais rápido que o de alvenaria. Sua durabilidade depende da tinta impermeabilizante que é passada depois da instalação e o acabamento pode ser em verniz, resina, cera, liso ou em relevos , que podem ser por exemplo a sanca, aquele tipo de moldura na parede em que geralmente se dissimula as lâmpadas que iluminam indiretamente o ambiente.

Teto de gesso

Teto de Gesso na sala

1. Vantagens do teto de gesso

O teto de gesso ainda confere isolamento acústico e térmico ao ambiente e não é inflamável. Com o gesso, é possível disfarçar os fios de iluminação e ainda é quase 15% mais leve que os convencionais, chegando a suportar objetos de até dez quilos. A manutenção fica mais fácil, como mexer em vazamentos e/ou tubulações, pois não há necessidade de quebra-quebra que só dá dor de cabeça ao proprietário e aos vizinhos.

O gesso utilizado pode ser em placas (que é o convencional, mais conhecido). E o tipo acartonado, também chamado de drywall, onde são utilizadas chapas de gesso e estrutura de aço galvanizado (que passou por processo industrial de recobrir o ferro ou o aço com camada de zinco metálico, para prevenir a oxidação) parafusadas entre si. Seu custo-benefício é superior justamente porque leva menos tempo que os tipos convencionais, com garantia e qualidade superiores às demais técnicas.

Rebaixo do forro de gesso

Por ser um material leve e fácil de ser manuseado, o gesso permite facilmente criar rebaixos no forro para criação de pontos de iluminação indireta

2. Tipos de forro de Gesso

São quatro os tipos de forro drywall: aramado, estruturado, perfurado e removível. Com exceção do último tipo, os três são fixos de uma forma sólida e consistente, com bordas longitudinais rebaixadas e recebendo tratamento para uniformização da superfície. Já o tipo removível é feito com chapas de bordas quadradas e tegulares, um tipo de borda rebaixada e com acabamento funcional, uma vez que ela permite ao painel se estender por baixo do perfil de suporte se sobressaindo menos.

O número de chapas a ser utilizado no forro e suas dimensões dependerão das necessidades e exigências do ambiente que se pretende instalá-las.

3. Instalação de teto de gesso drywall

Os forros de gesso em drywall são comprados em placas de gesso acartonado, isto é, placas formadas por uma camada de gesso, que é coberta por uma lâmina de papel em cada lado. Basicamente há 3 tipos de chapas de drywall: as comuns, que vem na cor branca ou cinza, as verdes, que possuem um dos seus lados coberto por um papel hidrofugante, ideal para o revestimento de áreas molhadas e as rosa ou vermelhas, que possuem maior resistência ao fogo.

Instalação de teto de gesso 1

Inicialmente, para instalar o teto de gesso, é necessário que se fixem perfís de aço galvanizado ou alumínio, na qual as peças de gesso vão ser fizadas

instalação forro de gesso 2

Em seguida, as placas de gesso são cortadas nos tamanhos certoz com ouso de um estilete, parafusadas nos perfís, e recebem o acabamento, de massa corrida

4. Fotos deteto de gesso

Teto de gesso decorado

Teto de gesso decorado no estilo rococó

Teto de gesso na sala

Excelente acabamento propiciado pelo teto de gesso nas salas

forro de gesso mourisco

Forro de gesso com decoração mourisca

Teto de gesso no quarto

Teto de gesso no quarto

NOTÍCIAS DO MOMENTO

Comentários