Vidro temperado – Portas, janelas e paredes de vidro temperado

O vidro é um material resistente, mas, ao mesmo tempo, muito delicado, e que denota uma aparência interessante a um ambiente, deixando-o moderno e sofisticado. Pode ser utilizado tanto em utensílios pequenos quanto em tampos de mesas, boxes de banheiro, etc., assim como em janelas, fachadas e portas de vidro temperado – escolha que tem sido feita cada vez mais pelos proprietários de apartamentos.

Há vários tipos de vidro. Sua fabricação inclui água, calcário, areia e aquecimento em temperaturas elevadas. Uns, porém, são mais duráveis e resistentes que outros, e o vidro temperado se enquadra nessa categoria. Pode ser utilizado tanto na construção civil quando na decoração e isso se deve ao fato de ele ser produzido de maneira a assegurar sua rigidez e durabilidade.

sacada de vidro temperado - a alta resistência do material permite este emprego.

sacada de vidro temperado – a alta resistência do material permite este emprego.

Vidro temperado: o que é

Esse tipo de vidro é o que passou por um tratamento térmico ou químico para modificar suas características originais. Feito a partir do aquecimento controlado do vidro comum, pode chegar a aproximadamente 600º e depois é resfriado controladamente. Embora possa se quebrar durante o processo, se ele resistir até o final, sua resistência mecânica (choques mecânicos e térmicos) estará aumentada, preservando características de transmissão luminosa e de composição química.

Essa resistência chega a ser cinco vezes maior que a do vidro comum, porém, depois desse processo de transformação não pode ser cortado, furado ou efetuada qualquer modificação, portanto a fabricação é sob medida. Resiste a impactos e flexão (que se pode dobrar ou curvar) até seis vezes mais que o normal.

A produção de vidro temperado se dá a partir do vidro comum tratado termicamente de um modo muito singular: primeiro o aquecimento altíssimo (controlado) e depois resfriamento súbito por rajadas fortes de ar frio. Esse tratamento recebe o nome de “têmpera” química, que resulta num vidro de grande resistência, já que suas características foram modificadas. Ele consegue armazenar energia térmica em suas camadas, daí também ser conhecido como “vidro energizado”.

Vidro temperado: vantagens

Em se tratando de segurança, outra vantagem: o vidro temperado não se “estilhaça” desordenadamente como o vidro comum. A selagem em seu interior energizado não permite que grandes pedaços se espalhem em dimensões divergentes, ficando em tamanhos regulares (“quadradinhos”), e não apresentando pontas tão perigosas e desiguais quanto às do vidro comum quebrado.

Com relação à sua tonalidade, ele pode ser “incolor” (ainda assim o tom será ligeiramente diferente do vidro  transparente comum, por ser mais grosso), esverdeado e “bronze”, de tom escuro.

cobertura de vidro temperado

cobertura de vidro temperado

Decoração com vidro temperado

Seus usos incluem: boxes em banheiros, janelas, divisórias de vidro, portas e até mesmo sacadas inteiras: verdadeiras paredes de vidro que, além de proporcionarem segurança, permitem que a vista do local não fique perdida. São as substitutas sofisticadas das antigas rede e telas de proteção. Há ainda a opção de vidro “fosco”, que garante mais privacidade para quem desejar. Nesse caso, o vidro não permite visão clara de nenhum dos lados.

Para manutenção e conservação da beleza, a limpeza do vidro temperado deve ser feita com suavidade para evitar arranhões, já que ele é mais suscetível a essas marcas indesejadas do que o vidro comum. Primeiramente, é sempre bom tirar o pó da superfície antes de começar o processo de limpeza. Produtos abrasivos devem ser descartados: água, sabão neutro e um pano que não solte fiapos já dão conta do recado. No caso de boxes de vidro, é essencial secá-los sempre que possível. Com o tempo, a água vai marcando a superfície com pequenas bolinhas claras, sujando o vidro.

box de vidro temperado

box de vidro temperado

Vidro temperado na construção

O vidro temperado é recomendado para divisórias, boxes de chuveiro, portas de vidro temperado, janelas laterais e traseiras de automóveis, assim como locais que requerem resistência, pois são mais rígidos e menos suscetíveis a causar ferimentos graves ao se estilhaçar. A espessura desse tipo de vidro varia entre 6, 8 e 10 mm, pode ser liso ou áspero, além de ser encontrado em tons bronze, fumê, cinza, verde, azul e incolor.

Para realizar a limpeza de vidro temperado é recomendável verificar o seu “grau” de sujeira; caso tenha pó acumulado é necessário passar um pano seco ou papel-jornal. E nos vidros mais sensíveis usar apenas um espanador. Não se deve aplicar o limpa-vidros ou multissuperfícies diretamente no vidro, nem ao sol, pois pode manchá-lo. Deve-se colocar o produto num pano macio e limpá-lo com movimentos preferencialmente circulares, em seguida, passar pano seco ou papel-absorvente (lembrando-se sempre de não usar panos com pelo).

NOTÍCIAS DO MOMENTO

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

2 Comments - Add Comment

Comentários