Apiloamento – O Que é? Como Fazer? Quais os Tipos

Neste artigo vamos falar sobre apiloamento uma etapa imprescindível em certos canteiros de obra. Veja o que é? Como fazer? Quais os tipos?

O Que é Apiloamento?

apiloamento

O apiloamento é uma técnica de compactação de terreno que pode ser realiza de forma manual ou ainda mecânica.

Frequentemente é uma ação usada para compactar o fundo de valas de fundação e também para executar contrapiso de forma direta sobre o solo.

Desse modo, podemos dizer que o principal objetivo do apiloamento é tornar as superfícies mais regulares e uniformes, evitando assim que a terra solta do terreno venha a se misturar com o concreto.

Em síntese, trata-se de usar uma espécie de soquete pesando de 10 a 20 quilos para socar o chão e compacta-lo.

Após a ação já é possível realizar execução completa e segura do concreto magro ou do lastro.

Apiloamento de Fundo de Vala

apiloamento

Então, confira maiores informações sobre apiloamento.

Como Fazer Apiloamento de fundo de vala

O reaterro de valas consiste no preenchimento das escavações usando o próprio material que foi escavado.

Esse tipo de apiloamento é feito geralmente em obras com instalações subterrâneas e que possuem redes elétricas, de saneamento básico, de gás e também telefônicas.

Sendo assim, quando a escavação é feita em áreas urbanas, onde há grande tráfego, é essencial compactar o terreno.

Isso porque o solo precisa apresentar exatamente o mesmo nível de densidade que apresentava antes da obra.

Por fim, vale ressaltar que a depender do tipo de solo e da situação em que se encontra, não é possível reutilizar o material da escavação.

Desse modo, exige a busca de materiais provenientes de outros locais e com origem controlada para fazer o preenchimento.

Além desses cuidados também é importante realizar o cálculo de projeto antes de iniciar a técnica.

O objetivo desses cálculos é principalmente atuar para aliviar tensões.

Tipos de Apiloamento

apiloamento

A priori, o apiloamento de fundo de vala pode ser feto de duas formas: manual ou mecânica. Veja como funciona cada uma.

Manual

Nesse caso não é necessária a utilização de equipamentos de grande porte, sofisticados e caros.

O mais comum em obras é que os profissionais mesmos criem suas ferramentas para fazer o apiloamento.

Existem casos em que o profissional enche uma lata grande de concreto e insere um cabo no centro.

Com ele é possível colocar a técnica em prática e realizar o trabalho de forma adequada.

Dessa forma, seu contrapiso ficará muito mais regular e você não precisa gastar muito.

Mecânico

Este é um método mais utilizado em obras de grande porte, tendo em vista que seria necessária uma equipe maior para fazer de maneira mecânica.

Sem dúvida, nesse caso realmente é recomendado o uso de uma compactadora.

A máquina irá perfurar o solo por meio de golpes em queda livre e sucessivos e com ajuda de um soquete.

Em seguida o concreto magro já pode ser depositado e a armadura é inserida no lugar escavado para a realização da concretagem.

Logo, sando equipamento ainda é possível obter uma amostra de solo, melhora a mobilidade da obra e aumenta a produtividade.

Comentários