Fórmula de Blondel: Como Calcular Escadas? Como Aplicar?

Você sabe o que é a fórmula de blondel? Basicamente essa é a fórmula utilizada para calcular a escada perfeita. Ou seja, a escada com a melhor distância e altura entre os degraus para propiciar um caminhar confortável.

Assim, essa fórmula é muito importante para arquitetos, engenheiros e profissionais liberais que trabalham com construção. No entanto, é muito comum que o cálculo cause dúvidas e confusão.

Por isso, nós separamos nesse artigo as principais informações que você precisa para utilizar a fórmula de blondel corretamente. Então, leia este artigo até o final para ficar por dentro de tudo.

O Que é a Fórmula de Blondel

O Que é a Fórmula de Blondel

Fórmula de Blondel

Geralmente, quando nós descemos ou subimos uma escada não nos atentamos para a altura que devemos erguer nossos pés. Bem como, não calculamos a distância entre os degraus para ajustar nossos passos.

Assim, isso acontece porque o nosso sistema nervoso ajusta automaticamente nossas passadas de acordo com um padrão pré-estabelecido. Dessa forma, quando os degraus de uma escada fogem desse padrão nós sentimos que tem algo errado.

Em outras palavras, nos sentimos desconfortáveis e temos a tendência de embolar os pés ou tropeçar. Da mesma forma, sentimos insegurança em usar a escada e tendência de quedas e acidentes é bem maior.

Nesse sentido, a fórmula de blondel é a solução ideal. Pois, ela foi elaborada por Nicolas François Blondel a partir da análise do caminhar normal de pessoas ao subir escadas.

Basicamente, o que a fórmula propõe é que existe uma energia média que utilizamos para subir e descer escadas. Ou seja, em geral o caminhar de uma pessoa varia entre 63 e 64 cm em condições normais.

Porém, quando subimos uma escada temos a tendência de reduzir nossas passadas com base na altura do degrau. Assim, para cada 1 cm de altura diminuímos nosso passo em 2cm.

Dessa forma, esse é o padrão para que uma escada não seja desconfortável para o nosso caminhar. Já que torna a energia direcionada para subir os degraus parecida com o esforço que realizamos ao andar horizontalmente.

Fórmula de Blondel – Principais Elementos de uma Escada

Elementos de uma Escada

Antes de aprendermos a calcular uma escada com a fórmula de blondel, precisamos compreender quais são as principais estruturas. Basicamente, uma escada é dividida em 5 partes:

Piso

O piso nada mais é do que a superfície horizontal onde apoiamos nossos pés para subir ou descer uma escada. Dessa forma, essa estrutura também pode ser chamada de degrau da escada.

Espelho

Já o espelho é a superfície vertical que fica posicionada entre os degraus. Nesse sentido, o espelho é o local onde batemos nosso pé ao subir uma escada. Além disso, é essa estrutura que determina a profundidade de cada degrau.

Patamar

Por outro lado, o patamar é uma estrutura que nem sempre está presente nas escadas. Visto que é uma superfície horizontal e alongada que serve para o descanso. Dessa forma, o patamar é mais comum em escadas com mais 2,90m de altura.

Guarda-corpo

Por sua vez, o guarda-corpo é a estrutura de proteção de uma escada. Pois, é um elemento vertical que serve para impedir que as pessoas caiam ou se acidentem ao subir e descer.

Corrimão

Por fim, o Corrimão é o elemento que se encontra sobre o guarda-corpo. Assim, a sua função é servir de apoio para que as pessoas se sintam mais seguras ao caminhar por uma escada.

Como Calcular a Fórmula de Blondel

Para calcular uma escada através da fórmula de blondel não tem muito segredo. Pois, basta somar a medida de dois espelhos e subtrair de 64. Assim, o resultado será o valor ideal para o piso dessa escada.

Dessa forma, a fórmula é 2E + P = 64. Então, tendo como base o tamanho ideal para espelhos determinado pelo corpo de bombeiros (18cm) podemos realizar o seguinte cálculo:

fórmula de blondel

Portanto, ao aplicar a fórmula de blondel determinamos que a altura ideal para os degraus dessa escada é 28cm. Assim sendo, seguir essa medida garantirá que ela seja confortável e segura.

Comentários