Poejo: Para Que Serve? Tipos, Como Plantar? Como Cuidar?

Neste post vamos entender para que serve o poejo, quais são seus tipos, como plantar e quais cuidados ter com a planta para sua saúde.

Em suma, o poejo é uma planta medicinal que possui propriedade:

  • Digestivas;
  • Expectorantes;
  • Antisséptica;

Por isso, é muito usada como auxiliar no tratamento de resfriados, gripes e, ainda, para melhorar a digestão.

Poejo

Poejo

Temos aqui uma espécie que é muito aromática, e frequentemente encontrada em ambientes mais úmidos, por exemplo, à beira de rios. Além de ter um aroma intenso, por ser adstringente, atua contraindo os tecidos e secando as mucosas.  Quando em contato com a boca costuma produzir uma sensação de aspereza.

Para Que Serve Poejo?

Para Que Serve Poejo

De nome científico “Mentha Pulegium”, podemos encontrar o poejo em feiras livres, lojas de produtos naturais ou em farmácias de manipulação.

Em síntese, além das propriedades já citadas neste post, essa planta medicinal ainda possui ação estimulante, sudorífera tônica estomacal, emenagoga, adstringente, febrífuga, carminativa anti-inflamatória, vermífuga, expectorante e antisséptica.  Por isso, pode ser usada em várias situações, por exemplo:

  • Alívio da febre;
  • Combate da gripe e também do resfriado;
  • Contra parasitas intestinais (verminose);
  • Alívio da tosse;
  • Melhoria da digestão e ainda na redução de azia;

Além disso, também podemos utilizar o poejo para combater a falta de apetite, principalmente, em crianças. Saindo das questões de saúde, a planta pode servir como um potente pesticida natural, podendo ser aplicado em hortas, por exemplo.

Contudo, vale ressaltar que, embora o poejo apresente todas estas ações e já faça parte do conhecimento popular, o ideal é fazer seu uso com indicação de um fitoterapeuta ou outro profissional de saúde. Isso porque existem contraindicações e a possibilidade de reações adversas se consumido em altas quantidades.

Por exemplo, não se indica a planta para mulheres grávidas, menores de 12 anos e pessoas com problemas renais. Salvo, mediante prescrição médica.

Mas como consumir esta erva tão poderosa e popular? Bem! A principal forma como podemos usar o poejo é em forma de chá. Conseguimos fazer a infusão usando suas folhas, raízes e também, suas folhas e flores.

Por outro lado, podemos usá-lo na culinária, para temperar peixes, saladas, azeite, etc. Além disso, ele está presente em receitas de doces como o pudim, compota, salada de frutas e outras.

Por fim, voltando a questões medicinais, o poejo é incrível para curar feridas, atuando como antisséptico e refrescante. Basta esmagar bem suas folhas e conseguimos um repelente 100% natural contra traças, mosca, mosquitos, moscas e formigas.

Tipos de Poejo

Aqui no Brasil, contamos com dois tipos de poejo, duas espécies diferentes. Uma tem origem na Europa e tem o nome de Mentha Pulegium. A outra espécie é está da qual falamos aqui, a nativa da América do Sul. Esta possui caules finos, folhas bem pequenas.

Como Plantar Poejo

Como Plantar Poejo

  • Meios: Sem dúvida, a melhor forma de propagar poejo é através de mudas, ou seja, usando ramos da própria planta. No entanto, também podemos produzir mudas de poejo por estacas rizomatosas.
  • Estações: pode-se plantar o ano inteiro, mas o ideal é no outono e primavera.
  • Solo e: rico em matéria orgânica.

Como Cuidar?

como cuidar de poejo

  • Precisamos realizar as regas diariamente no verão, mas sem encharcar o solo.
  • A plantinha gosta de luminosidade e climas amenos, então, vive bem à meia-sombra.

Comentários