Tubulões na Construção Civil: O Que São? Tipos e Execução

Entenda o que são tubulões na construção civil, quais são os principais tipos e como as mesmas são executadas. Tudo de forma simples.

O Que São Tubulões?

Tubulões

Tubulões são um tipo de fundação que possui forma cilíndrica e pode apresentar sua base alargada ou não e são diferentes de estacas.

Em síntese, os mesmos são composta por três partes: a cabeça, o fuste e a base. A cabeça é executada usando concreto armado e a armadura fica disposta em formato de círculos concêntricos.

Já o fuste só deverá ser feito com concreto armado quando o tubulão for submetido somente à flexo-compressão. Por outro lado, será feito com concreto ciclópico toda vez que for submetido apenas à compressão.

A base alargada precisa apresentar formato elíptico ou circular, principalmente em tubulões de divisa.

Em relação a distancia entre os tubulões, eles devem estar na razão de (r < m < 2r).

Conheça os Principais Tipos de tubulões

Tipos de tubulões

Os tipos de tubulões mudam de acordo com a forma de execução. Sendo assim, são classificados em: a céu aberto e ar comprimido.

Tubulação a céu aberto

Este é o tipo mais popular de tubulões e é resultante de um poço perfurado e a perfuração pode ser manual ou mecânica. A técnica de construção se dá da seguinte forma:

  • A partir de um gabarito é realizada a marcação do eixo da peça e também a marcação no terreno da circunferência do tubulão.
  • Depois, inicia-se a escavação do poço com a técnica escolhida. Em escavação manual utiliza-se pá vanga, sarrilho para retirar a terra e um balde;
  • Por outro lado, em caso de perfuração mecânica, a terra é retirada com um aparelho rotativo que vem acoplado em caminhão;
  • Agora vem a etapa de alargamento da base que ocorre de acordo com as dimensões do projeto e deve ser feita manualmente;
  • A limpeza da base que é a próxima fase, consiste na retirada de escoras, de terra e outros elementos que caem no buraco;
  • Verificação das dimensões do poço (profundidade, alargamento da base, tipo de solo na base);
  • Colocação da armadura;
  • Concretagem;

Tubulação à Ar Comprimido

Aqui o poço é escavado com a utilização de uma campanula com injeção de ar comprimido.

Este modelo é mais adotado em construção de viadutos, pontes e também obras com grandes carregamentos.

Por conseguinte, a injeção de ar comprimido em tubulões impede a entrada de água, tendo em vista que a pressão interna é maior.

Em relação a pressão empregada, ela precisa ser de no máximo 3,4 atm e é imprescindível o encamisamento do fuste. Este pode ser de aço ou concreto. Veja as etapas da técnica de construção:

  • Encamisamento de concreto: Altura aproximada de 4 metros, com parede de espessura que não deve ser inferior a 20 cm. O diâmetro varia de acordo com a capacidade de carga;
  • Encamisamento de aço: método desenvolvido com intuito de redução de custos. Sendo assim, são cravados tubos de ação rotativamente no solo e eles são emendados com solda;
  • Em seguida vem a escavação manual do terreno no interior do tubo;
  • Depois, é a etapa de concretagem do tubo que fica sobreposto sobre o outro já enterrado. Repita até atingir o nível de água;
  • Remove-se a água por bombeamento e introduz o ar comprimido no topo do tubo de concreto;
  • Posteriormente, faz-se o alargamento da base seguindo as dimensões do projeto;
  • Agora é hora de fazer a limpeza da base e verificação das dimensões do poço;
  • Por fim, é feita a colocação das armaduras;

Comentários