Azulejos – revestimento de azulejo para cozinha e para banhe



Usados para revestir paredes, mesas e bancadas de trabalho, os azulejos – também conhecidos como ladrilhos esmaltados – são peças de cerâmica de pouca espessura, entre 100 e 150 mm, e são geralmente quadrados, embora também encontrados em retangulares, octogonais e formatos interligados. Em uma de suas faces é aplicada uma substância vitrificável, o esmalte, que serve para impermeabilizar ou ornamentara cerâmica, tornando-a brilhante. Essa face pode ser lisa ou em relevo e ter uma ou mais cores. Também é possível encontrar azulejos em tamanhos maiores e mais grossos.

balcão de cozinha de azulejos

balcão de cozinha de azulejos

Além da impermeabilização que eles possuem como característica, os azulejos são resistentes e impermeáveis, além de serem fáceis de limpar. É isso que os tornam ideais para casas de banho, revestimento e decoração de banheiros  e cozinhas, por exemplo. Os azulejos artesanais pintados à mão são mais usados para se ter estilo e conforto de acordo com a personalidade do ambiente.

Tipos de azulejos

Além dos elaborados de cerâmica, existem outros materiais, como:

  • os azulejos industriais, que são bastante finos e fáceis de cortar, além de uniformidade da espessura e acabamento da superfície, cor e padrão;
  • os azulejos artesanais são mais espessos e irregulares, variando os padrões de acabamento e cor;
  • os azulejos curvos, que em sua maioria tem a extremidade reta e alguns possuem extremidades com curva e acabada, melhorando a aplicação em painéis e peitoris de janelas;
  • os azulejos sem vidrado, que não possuem a substancia vitrificável já citada acima. Podem ter um acabamento colorido, porém sem brilho, e com a possibilidade de serem isolados para reduzir a porosidade;
  • os que servem para enfeites e frisos, sendo esculpidos em paredes ou teto com fins decorativos e alguns com padrões em relevo, servindo até para contornos, só que em modelos menores;
  • os azulejos espelhados, que são fixados com almofadas autoadesivas (que aderem por si mesmo a uma superfície, por já conterem substância aderente em uma das faces), não necessitando de juntas (área estreita entre azulejos, tijolos, pedras etc. que geralmente é preenchida por argamassa);
  • e os mosaicos, que são conjuntos de pedras coloridas embutidas, dispostas de maneira a formar desenhos ou padrões, criando um aspecto final diferente. Como são pequenos, geralmente são vendidos como um painel sobre tela, pois aplicá-los individualmente seria um trabalho bem complicado e demorado, gastando tempo desnecessariamente.

Outros tipos de ladrilhos

Além dos azulejos, existem outros tipos de ladrilhos cerâmicos aplicados como revestimentos, como os ladrilhos hidráulicos, muito usados em revestimentos antigamente, hoje assumiram um caráter muito mais decorativo do que realmente funcional. Outro tipo de revestimento são as pastilhas de vidro, aplicadas como revestimento de maneira bastante semelhante aos azulejos.

Aplicação de azulejos

Para a aplicação dos azulejos são usadas ferramentas específicas para seu assentamento, como: a desempenadeira (máquina de desempenar tábuas que funciona com um tambor de lâminas rotativo) dentada, que serve para ladrilhar uma superfície ampla, essencial para a pavimentação com mosaicos. Se for uma superfície menor, é recomendável usar um espalhador metálico dentado; o riscador, que é uma peça de aço com a ponta de tungstênio (elemento químico metálico de número atômico 74, muito usado em filamentos de lâmpadas, eletrodos etc.), que serve para cortar mosaicos e azulejos, assim como o buril (instrumento usado para gravar em metal ou madeira, com lâmina dura de aço temperado) que desempenha a mesma função. Alguns profissionais como o vidraceiro usam um estilete de ponta de diamante; o espalhador, que serve para aplicar o vedante; o torquês, uma espécie de alicate para arrancar pregos, grampos, cortar tiras estreitas, entalhes e cantos; a lima metálica para alisar os cantos cortados; a pasta de cimento, que é resistente ao calor quando aplicadas em cozinhas e à base de silicone para bancadas. Essa pasta preenche as fendas entre os azulejos e são vendidas em pó para misturar com água; e a cantoneira plástica, uma peça geralmente triangular e metálica que serve para reforçar e deixar cantos, juntas, quinas, encaixes etc. mais perfeitos, evitando que as extremidades se lasquem.

azulejos decorativos antigos

azulejos decorativos antigos

Características dos azulejos

Os azulejos são revestimentos cerâmicos da mesma família dos porcelanatos, mas nem por isso tem características semelhantes. Os porcelanatos e azulejos possuem grandes diferenças, em especial no que diz respeito à resistência, permeabilidade e taxa de expansão. Nesses quesitos, os porcelanatos são revestimento praticamente perfeito, embora seu preço seja muito mais alto que o dos azulejos mais comuns.

azulejos para cozinhas

Azulejos se mostram um excelente revestimento para área de cozinha principalmente por sua facilidade de limpeza, o que torna um revestimento muito bom para ambientes que necessitam de um elevado grau de higiene como este. Basta passar um pano para remover manchas de gordura ou sujeira.

azulejos para banheiro

Os azulejos também são um bom revestimento para banheiros pelo mesmo motivo descrito acima: a facilidade de limpeza. Banheiros e lavabos são ambientes que facilmente acumulam bactérias, por isso a higiene é essencial, e assim, na maioria das vezes, acaba-se adotando revestimentos cerâmicos nestes cômodos.

NOTÍCIAS DO MOMENTO

One Response - Add Comment

Comentários