ConstruCard – Veja Como Funciona o Cartão ConstruCard da Caixa

O cartão ConstruCard é uma opção exclusiva para quem precisa de crédito para comprar material de construção. Veja como funciona o cartão ConstruCard.

ConstruCard

ConstruCard – Descubra todos o benefícios do cartão.

 

Está pensando em construir, mas está sem dinheiro para investir no projeto? Essa pode ser uma alternativa viável.

Afinal, cada etapa da construção, do levantamento das paredes até a aplicação dos revestimentos e pisos exige um alto investimento.

Nesse artigo você irá terá todas as informações para que você entenda como funciona o cartão ConstruCard e definir se o mesmo se o mesmo atende às suas expectativas.

O Que é o Cartão ConstruCard

O mesmo é um cartão criado pela Caixa Econômica Federal e encontra-se em uma modalidade de financiamento para reformas e construção.

É um produto já bastante conhecido no mercado e permite financiar a compra dos materiais de construção que serão necessários para a obra.

Como Funciona o Cartão ConstruCard

Estamos falando de um financiamento onde o banco (Caixa Econômica Federal) divide o processo em duas etapas: A utilização e a amortização.

Como Funciona o ConstruCard

Como Funciona?

A primeira etapa (utilização) corresponde à compra dos materiais de construção e diversos outros itens.

O cartão pode ser usado nas lojas da mesma forma que um cartão de crédito comum.

Essa é verba é liberada durante todo o período de compras que pode variar entre 2 e 6 meses.

Durante todo esse tempo os clientes não pagam ainda o saldo devedor, pagam somente os juros dos valores usados.

Na etapa seguinte (amortização) que é quando termina a fase de compras, os clientes começam a quitar sua dívida.

As parcelas só começam a ser pagas após o término do prazo das compras e todo mês a parcela é descontada diretamente por débito em conta corrente do solicitante.

O financiamento usa o sistema de tabela price, o que significa que todas as parcelas terão o mesmo valor.

O banco também exige que se coloque alguma garantia na negociação e pode ser:

  • Caução de depósito;
  • Alienação fiduciária de automóvel;
  • Aplicação financeira;
  • Alienação fiducial de imóvel

Da mesma forma que nos empréstimos com garantia, os bens alienados vão melhorar as condições de pagamento.

As parcelas do financiamento podem ser divididas em até 240 vezes com juros de 2,50% ao mês.

Espero que tenha conseguido entender até aqui como funciona o cartão ConstruCard.

Simulação ConstruCard

A Caixa possui um simulador que informa sobre prazos e condições de pagamento. Visite a página e descubra qual o melhor produto para você.

Após fazer sua simulação, basta se dirigir até uma agência do banco para dar continuidade ao processo.

A simulação é um passo muito importante para que você consiga avaliar bem todas as possibilidades.

Simulando também é possível saber com mais precisão se conseguirá quitar sua dívida após a utilização do cartão.

Juros ConstruCard

Como já coloquei, as parcelas terão obrigatoriamente o mesmo valor e os juros serão estimados de acordo cm o valor e quantidade de parcelas e ficam a partir de 2,50% ao mês.

Para saber mais informações sobre os juros a melhor alternativa é comparecer a uma agência Caixa e conversar pessoalmente.

Pensando em construir? Faça a simulação no site e depois vá viabilizar seu cartão!

Construcard Caixa

Com o Construcard Caixa você poderá comprar diversas coisas, entre elas:

  • Sistemas de Geração Solar;
  • Caixa D’Água;
  • Piscina;
  • Pintura;
  • Iluminação;
  • Tijolos;
  • Piso;
  • Armários Planejados;
  • Telhas;
  • Janelas.

Com essa linha de crédito será tudo mais fácil, pois as prestações das suas compras são todas debitadas diretamente na conta corrente. Outra comodidade disponibilizada pela linha de crédito, é a opção de consultar o seu saldo e extrato de compras através do Aplicativo, dessa não será necessário sair de casa.

Em todos país existem diversos estabelecimentos que aceitam o Construcard. Aproveite todos os benefícios e participe hoje mesmo!

Construcard FGTS

Muitas pessoas que estão com o orçamento apertado se perguntam se não é possível utilizar o saldo FGTS para contratar o Construcard, no entanto, não é possível.

O Fundo de Garantia pode ser utilizado, mas não apenas para a compra de materiais de construção. Abaixo você pode entender melhor quando poderá utilizar o FGTS para a compra de um imóvel ou para abater parte de uma dívida já existente:

  • Você deve ser o titular do financiamento que deseja pagar;
  • É preciso estar com as prestações em dias no momento que for solicitar o uso do FGTS;
  • Não é permitido ser comprador ou possuir outro imóvel residencial urbano, mesmo que esteja em construção ou já concluído, no munícipio onde mora ou onde trabalha;
  • Não ter financiamento ativo no SFH – Sistema Financeiro de Habitação, em qualquer lugar do país;
  • Ter no mínimo três anos de trabalho sob regime do FGTS, mesmo que seja em diferentes empresas ou períodos.

Além da compra do imóvel, o FGTS é liberado em outras situações como:

  • Aposentadoria;
  • Término de contrato por prazo determinado;
  • Demissão sem justa causa;
  • Neoplasia maligna (trabalhador ou dependente);
  • Idade igual ou superior a 70 anos;
  • Falecimento do trabalhador;
  • Portador de HIV – sida/aids (trabalhador ou dependente);
  • Permanência da conta vinculada por três anos contínuos sem crédito de depósitos;
  • Permanência do trabalhador, titular da conta por três anos contínuos fora do regime do FGTS;
  • Rescisão do contrato por fim da empresa; extinção de suas atividades; falecimento do empregador;
  • Necessidade pessoal, urgente e grave, consequente de desastre natural, causado por chuvas ou inundações que tenha atingido a residência do trabalhador;
  • Entre outros.

Construcard Vale a Pena?

Se você quiser reformar seu imóvel e comprar material de construção, o uso do Construcard é uma boa opção. O pagamento é como o do consignado, o qual desconta o valor direto do holerite. A única diferença é que na linha de crédito o valor é depositado em conta-corrente, o que torna o processo mais cômodo, pois além disso, é possível realizar a consulta através da internet.

Uma das desvantagens é o risco da loja não aceitar o pagamento e a impossibilidade de pagar a mão de obra, como móveis não planejados e arquitetos.

Pense e avalie antes de contratar a linha de crédito.

NOTÍCIAS DO MOMENTO

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Comentários